Weby shortcut
tramas

Curso de Extensão "Tramas e redes: feminismos pelo fim da violência contra as mulheres" - edital e link para inscrições

Segue o edital completo do curso, com instruções e link do formulário de inscrição. Leiam o edital completo.

Curso de extensão Tramas e redes: feminismos pelo fim da violência contra as mulheres

Ocupa Madalena - Teatro das Oprimidas

Grupo Transas do Corpo - Ações Educativas em Gênero, Saúde e Sexualidade

PIMEP – Programa Interdisciplinar da Mulher/PUC Goiás

Ser-Tão, Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade/UFG

CIAR – Centro Integrado de Aprendizagem em Rede/UFG

NDH – Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Direitos Humanos /UFG

 

Edital de seleção de cursistas

 

 

  1.            Das disposições gerais

1.1 Os grupos feministas Ocupa Madalena - Teatro das Oprimidas e Grupo Transas do Corpo - Ações Educativas em Gênero, Saúde e Sexualidade  tornam público a abertura das inscrições para pessoas interessadas em atuar como cursista no curso de extensão Tramas e redes: feminismos pelo fim da violência contra as mulheres.

1.2 O processo seletivo será realizado segundo as regras aqui dispostas, as quais as Instituições se obrigam a cumprir e que a/os candidata/os que nele se inscrevem declaram conhecer e com elas concordar.

 

 

2             Do curso, das vagas e do público-alvo

2.1              O curso de extensão Tramas e redes: feminismos pelo fim da violência contra as mulheres será realizado pelos grupos feministas Ocupa Madalena - Teatro das Oprimidas e Transas do Corpo e tem  por objetivo: oferecer formação feminista a mulheres de diferentes idades, com foco em construção de campanhas e estratégias pelo fim da violência.

2.2                O público-alvo do curso são mulheres que já desenvolvem algum tipo de ação ligado ao tema da violência contra a mulher, em serviços de atenção  a mulher, grupos de apoio, movimentos sociais, movimentos de cultura, saúde, educação e que possam desenvolver  ações de multiplicação. Serão oferecidas 10 vagas para homens que, tendo o mesmo perfil, possam integrar o grupo na condição de cursistas.

2.3              Não é obrigatório ter concluído ou estar realizando curso superior.

2.4               O curso terá duração de 3 meses, de março a junho de 2015, totalizando 120 horas. Haverá cinco encontros presenciais, quatro sábados e um domingo, de acordo com o cronograma abaixo:

 

Data dos Encontros presenciais

14 de março de 2015

18 de abril de 2015

16 de maio de 2015

13 e 14 de junho de 2015

 

2.5              Os encontros presenciais serão realizados sempre das 08h às 18h e será utilizada uma metodologia teórico-vivencial pautada na metodologia feminista e no teatro do oprimido.

2.6              As atividades presenciais totalizam 40 horas. Haverá também atividades à distância na plataforma moodle acompanhadas por uma tutora e entrega (e apresentação) de um produto ao final do curso, que correspondem à 80 horas.

2.7              As atividades realizadas, tanto no presencial quanto na plataforma online, se organizam a partir de 4 módulos/atos, são eles:

1º Ato – Mulheres Herdadas - Imagens coladas no inconsciente feminino. Objetivo Geral:analisar a abordagem que os textos originários oferecem sobre o papel da mulher na criação do mundo. O impacto das interpretações históricas e a organização da vida social na contemporaneidade.

2° Ato – Mulheres Reforçadas - Imagens no contexto social que reforçam o imaginário feminino.  Objetivo Geral: analisar a evolução histórica do conceito de mulher, as formas como o corpo feminino foi escondido ou exposto e qual a relação dessas imagens na mente da mulher contemporânea.

3º Ato - Auto Imagem da Mulher- Imagens Espelhadas em Modelos. Como cada mulher se enxerga. Como uma mulher pode ser espelho da outra. Objetivo Geral: Refletir criticamente a cerca do papel da mulher na criação de estratégias de intervenção no contexto de violência contra as mulheres.

4° Ato - Des-mecanizando Mulheres- Quais armadilhas e opressões me afetam? Desvelando opressões, armadilhas e repetição de ações mecanizadas. Onde o imaginário feminino construído socialmente, atua em nossa vida cotidiana.             Objetivo Geral: desenvolvimento de iniciativas pessoais e coletivas de forma a combater as situações de violência às mulheres.

2.8              Para o bom andamento do curso é essencial que a/a aluna/o tenha condições de acessar regularmente a internet, disponibilidade de tempo para realização das atividades propostas pela tutora nas salas de aula virtuais da Plataforma Moodle, bem como para participar nos encontros presenciais.

2.9              Para que a/o cursista seja certificada/o ao final do curso, este certificado será expedido pela Universidade Federal de Goiás, será necessário que tenha participado de no mínimo 75% das atividades presenciais e que tenha realizado no mínimo 75% das atividades online. A apresentação de um produto final, produzido durante o curso, também será condição para a certificação.

2.10          Serão oferecidas 130 vagas para o Estado de Goiás e Distrito Federal. Conforme especificação a seguir:

 

Perfil da/os participantes (gênero e cidade)

Número de vagas

Mulheres - Goiânia e Região Metropolitana[1]

70

Mulheres - Cidades distantes até 300km de Goiânia

25

Mulheres - Cidades distantes a mais de 300km de Goiânia

25

Homens - Goiânia e Região Metropolitana

10

 

2.11          As despesas de deslocamento para os encontros presenciais serão de inteira responsabilidade da/o cursista residente em Goiânia e Região Metropolitana (RM). Para a/os cursista/os que residem em cidades fora da RM, será disponibilizado o ressarcimento do valor gasto com o deslocamento (ao apresentar o comprovante da passagem terrestre no encontro presencial), mas não serão pagos valores gastos com alimentação ou hospedagem. Este valor de ressarcimento será de até R$ 100,00 reais para as residentes em cidades até 300km de Goiânia e de até R$ 150,00 reais para residentes em cidades a mais de 300km de Goiânia, este valor será disponibilizado a cada encontro presencial (totalizando 4 encontros, nos meses de março, abril, maio e junho).

2.12          Não serão cobradas mensalidades e taxas. O Curso será financiado pelo Fundo Elas e Instituto Avon.

 

 

3             Inscrições

3.1              Período de inscrição: 01 a 18 de fevereiro de 2015.

3.2              A inscrição implica o conhecimento e aceitação das condições estabelecidas neste edital, das quais a/o candidata/o não poderá, em hipótese alguma, alegar desconhecimento.

3.3              A inscrição deverá ser realizada exclusivamente pela internet, com o preenchimento da ficha de inscrição disponível no link aqui (Caso o link não funcione, copie e cole: https://docs.google.com/forms/d/1FgyIZCBFiChmQUEeiPD3ia15WPU13oxRjNyqDI3z3n4/viewform)  e envio de documentação via email.       Após o envio da ficha de inscrição, a/o candidata/o deverá enviar para o email redesfeministas@gmail.com, uma versão digitalizada, em formato PDF, dos seguintes documentos:

a) Documento de identidade (RG ou Carteira de Habilitação),

b) Comprovante de endereço,

c) Declaração comprobatória de realização de ação ligado ao tema da violência contra a mulher e/ou de atuação junto à serviços de atenção  a mulher, grupos de apoio, movimentos sociais, movimentos de cultura, saúde, educação, de atuação em grupo/organização feminista ou outras Instituições que atuem junto à mulheres. Serão aceitos como documento de comprovação: declarações, certificados, matérias de jornal, folder, flyer, desde que constem o nome da/o inscrita/o.

3.4              Não será cobrada taxa de inscrição.

3.5              As informações prestadas no ato da inscrição são de inteira responsabilidade da candidata.

 

 

4             Da seleção e do resultado final

4.1              Serão indeferidas as inscrições da/os candidata/os que não atenderem completamente aos requisitos dispostos no presente edital.

4.2              A seleção será realizada mediante a análise da ficha de inscrição de cada candidata/o, respeitará a quantidade de vagas para cada segmento e a valorização de diversidade de formações, atuações e cidades. Privilegiando aquela/es que já desenvolvem algum tipo de ação ligado ao tema da violência contra a mulher.

4.3              O resultado final será divulgado no dia 27/02/2014, no site www.transasdocorpo.org.br e será enviado um email para cada cursista selecionada, pedindo a confirmação da vaga no curso.

 

 

5. Da matrícula

5.1 Cada cursista deverá responder ao email recebido pedindo a confirmação de sua participação no curso.

5.2 No primeiro encontro presencial, dia 14 de março de 2015, cada cursista deverá assinar um termo de liberação de uso de imagem, pois o curso será gravado e várias destas imagens irão compor um DVD que será enviado a cada cursista, e terá circulação nacional.

 

 

6. Das disposições gerais

6.1 Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação do curso.

6.2 Maiores informações podem ser obtidas através do e-mail redesfeministas@gmail.com.

 

 

Goiânia, 01 de fevereiro de 2015.

 

[1] Segundo o site da Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Goiânia (http://www.metropolitana.go.gov.br), a RM é composta de 20 Municípios, são eles: Abadia de Goiás, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Caturaí, Goianápolis, Goiânia, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Nerópolis, Nova Veneza, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Terezópolis de Goiás e Trindade.