Weby shortcut
topo novo
logo pibid

PIBID SOB AMEAÇA

No dia 02 de dezembro foi divulgado Ofício da CAPES às Coordenações Institucionais do PIBID de todo o Brasil informando as providências necessárias aos ajustes  na concessão de bolsas do Programa. Entre o encaminhamentos, mesmo frente à articulação nacional do Programa que trabalhou durante todo o ano visando a sua permanência, além das ações do FORPIBID, foi deliberado que:

 

 

 

1. Suspensão temporária de inclusão de novos/as bolsistas, mesmo aqueles/as já aprovados/as em seleção interna nas IFE.

2. Suspensão imediata de seleção de novos/as bolsistas.

3. Cancelamento de bolsistas ativos/as que receberam mais de 48 parcelas de bolsa.

4. Cancelamento de bolsistas ativos/as que teriam acumulado em 2014, uma ou mais parcelas de bolsas, com outras do FNDE, suspendendo assim 1.890 bolsistas ativos no mês de novembro.

Avaliando as medidas e considerando que todos os semestres os/as bolsistas do Programa são substituídos após a conclusão do curso de graduação, por discentes já aprovados/as em seleção interna antecipadamente, percebe-se, claramente, a pretensão da CAPES de encerrar as atividades do Programa em 2016, com o encaminhamento de suspensão de inclusão de novos/as bolsistas.

Neste sentido, divulgamos a petição pública a ser encaminhada ao Ministério da Educação, reivindicando a permanência no Programa. O PIBID, criado em 2007, é publicamente reconhecido como uma das mais efetivas políticas de formação de professores/as para a educação básica. Contrariamente a isso, o MEC e a CAPES, tem divulgado informações que desqualificam o Programa, ignorando a experiência e atuação de mais de 80.000 bolsistas, que concretizam um novo modelo de ensinar e aprender nas escolas públicas em todo o Brasil.

Pedimos ampla divulgação da petição pública, disponível no link: http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR86210.

PIBID - Ciências Sociais, UFG.

Listar Todas Voltar