Weby shortcut

News

Advanced Options Exact sentence  All the words  Any of the words
UFG logo
Sobre a prisão de estudantes da UFG
On 05/24/2014 at 21:15

O Ser-Tão vem a público manifestar sua preocupação com a prisão preventiva de estudantes da UFG, ocorrida na madrugada de 23 de maio de 2014. 

liberdade
Reitor Gay
On 05/15/2014 at 16:59

Por: Dijaci David de Oliveira

Prazeres Maio...
Prazeres entre Ser-Tões
On 05/01/2014 at 19:59

A próxima edição do projeto de extensão Prazeres entre Ser-Tões acontecerá no dia 13 de maio, terça-feira, às 18h30, na sala 29 da Faculdade de Ciências Sociais.

PNE
NOTA DE REPÚDIO – RETROCESSOS NA CONSTRUÇÃO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (PNE)
On 04/28/2014 at 11:41

O Ser-Tão, Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade, vem a público demonstrar seu descontentamento e preocupação com a retirada textual de questões relacionadas às desigualdades raciais, regionais, de gênero e sexuais do Plano Nacional de Educação no último dia 22 de abril, em reunião da Comissão Especial da Câmara dos Deputados, que avalia o documento.

Seminário...
Seminário Das Margens aos Centros IV
On 02/15/2014 at 18:51

O Ser-Tão, Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade, convida para o Seminário Das Margens aos Centros IV: Olhares Contemporâneos Sobre Gênero e Sexualidade.

Azul é a cor mais quente
Azul é a cor mais quente
On 01/05/2014 at 19:27

Os close-ups dos corpos e das peles, a investigação das passagens que formam um relacionamento, as intensidades da vida em comum são alguns dos aspectos que definem o filme Azul é a cor mais quente (2013), de Abdellatif Kechiche. Na história de La vie d’Adèle (Chapitres 1 & 2), título original da obra, “o prazer, o amor e a dor são experiências intensas, que se inscrevem e que se partilham, contudo, na banal tecelagem cotidiana das coisas do mundo”, na análise do filme que sugerimos como leitura em: http://incinerrante.com/azul-e-a-cor-mais-quente/

Uma das questões mais debatidas em torno do filme está relacionada ao conceito de heteronormatividade. A forma de representação do relacionamento entre as protagonistas e, particularmente, do sexo lésbico, foi um dos tópicos mais polêmicos na recepção crítica de Azul é a cor mais quente. Para entender alguns dos posicionamentos analíticos sobre esse assunto, leia mais em: http://incinerrante.com/heteronormatividade-e-representacao-em-azul-e-cor-mais-quente/